Jornal dos Bairros – 8º período Jornalismo PUC Minas

Documentário originalmente feito para trabalho da disciplina “Edição em TV”, do oitavo período de Jornalismo da PUC Minas.

Por Amanda Mascarenhas, Juliana Gusman e Renata Cló

Anúncios

Ricardo Parreiras: lenda viva do Rádio Mineiro

Por Amanda Mascarenhas, Flávia Drummond e Renata Cló

“Eu não tenho idade, tenho vida”

535

No dia 17 janeiro de 1928, na pequena cidade do interior de Minas Gerais, Bonfim, nasceu José Parreiras de Oliveira, caçula dos três filhos de Augusta. Ninguém imaginava que naquele dia de verão um dos maiores nomes do rádio brasileiro havia nascido.

Hoje, aos 88 anos, conta que quando menino não tinha rádio em casa porque sua família era muito pobre, mas sempre arrumava um jeitinho de escutá-lo. Ia para casa dos amigos e vizinhos que possuíam o aparelho. Ricardo Parreiras, como é conhecido hoje, fala entusiasmado e com sentimento nostálgico de como o aparelho radiofônico era importante e valioso. Segundo ele, o artefato era enorme e ocupava o lugar mais importante da casa: o centro da sala de estar. Na casa do vizinho o rádio era enfeitado com uma jarra de flores em cima. Nos fins de tarde a sua programação era ir para casa dos amigos para escutar “A Hora do Fazendeiro”, programa de rádio que está no ar até hoje na Rádio Inconfidência. Mal sabia ele que o seu destino o levaria até lá, do outro lado do rádio.

Continuar lendo

Dia da Liberdade de Impostos chama a atenção para a alta carga tributária

Por Amanda Mascarenhas

Nesta quinta-feira, dia 2 de junho, aconteceu em diversas cidades, incluindo Belo Horizonte, a ação do “Dia da Liberdade de Impostos”. A data marca, simbolicamente, a época do ano em que os brasileiros passam a trabalhar para proveito próprio, já que antes disso toda a renda do trabalhador é destinada ao pagamento de impostos, taxas e contribuições cobrados pelos governos federal, estadual e municipal. A ação tem como principal objetivo protestar e conscientizar a população sobre a alta carga tributária do Brasil, cujo valor arrecadado em 2016 já ultrapassa os R$807 bilhões.

Presidente da Frente Parlamentar da Indústria Mineira, o deputado Dalmo Ribeiro acredita que deve-se reconhecer a importância do pagamento de impostos para a realização de políticas públicas, mas critica a alta quantidade de tributos cobrada. “A excessiva carga de impostos que os brasileiros pagam, infelizmente, não gera o retorno esperado e necessário em termos de qualidade de vida e serviços públicos. O país continua carente em investimentos nas áreas da educação, saúde, segurança, entre outros”, afirmou.

Continuar lendo

Educação para as relações de gênero nas escolas municipais de Belo Horizonte

Por Amanda Mascarenhas

Nas últimas décadas, com o crescimento da mobilização social da população LGBT*, as discussões sobre diversidade sexual e relações de gênero passaram a ter maior visibilidade no Brasil e pautar reflexões na sociedade e na formulação de políticas públicas governamentais. Neste contexto, a escola tem o papel fundamental de promover a inclusão social e o fortalecimento da comunidade LGBT* através da democratização da educação, promovendo práticas de enfrentamento do sexismo, da homofobia e transfobia, a fim de garantir o direito à aprendizagem para todos em um ambiente escolar que abrace e respeite diferentes expressões da sexualidade e identidade de gênero.

Estes são os principais objetivos do trabalho realizado pelo Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual (NUGDIS) da Secretaria Municipal de Educação (SMED) de Belo Horizonte, que desenvolve pesquisas sobre sexualidade e relações de gênero na educação para elaborar, implementar e monitorar políticas públicas educacionais no município, além de produzir material didático de apoio à prática docente no processo ensino-aprendizagem acerca dessa temática.

Continuar lendo

Itajubá é reconhecida como Polo de Tecnologia da Informação e Comunicação

Por Amanda Mascarenhas

Empresas de tecnologia de Itajubá, no Sul de Minas, foram reconhecidas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) como novo Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação e Comunicação (APL de TIC). Antiga demanda da Prefeitura de Itajubá, o reconhecimento deve aumentar as oportunidades de empregos e geração de negócios, além de fortalecer o desenvolvimento econômico do município e região.

Autor da lei 16296/2006, que instituiu a política estadual de apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs), o deputado Dalmo Ribeiro destaca a importância do reconhecimento do Polo de Tecnologia da Informação e Comunicação de Itajubá, neste momento de crise econômica. “Minha querida Itajubá, mais uma vez, confirma sua vocação econômica inovadora na área da tecnologia. A criação do arranjo vai na contramão desta crise, que tem provocado o fechamento de empresas diariamente”.

Continuar lendo