Quando o modelo de macho-alfa é desfeito

Por Amanda Mascarenhas

O jogador do Corinthians Emerson Sheik causou polêmica na noite do último domingo ao postar uma foto em que dava um selinho em seu amigo pessoal Isaac Azar, dono do badalado restaurante Paris 6, em São Paulo. Na tarde desta segunda-feira, o nome do atleta ainda era destaque e figurava no ranking dos assuntos mais comentados do Twitter. A foto foi postada no Instagram, em comemoração à vitória do Corinthians sobre o Coritiba por 1 a 0, e tornou-se alvo de reações diversas.

Ainda no domingo, muitos internautas demonstraram apoio à atitude do jogador, comentando na foto que ele era livre para se expressar e estava certo em confrontar o preconceito que provavelmente sofreria. Tal preconceito foi inclusive antecipado pela legenda postada: “Amizade sem medo do que os preconceituosos vão dizer. Tem que ser muito livre para comemorar uma vitória assim, de cara limpa, com um amigo que te apoia sempre.”

Na reapresentação do time na manhã de segunda-feira, Sheik ganhou o respeito dos colegas e foi aplaudido no vestiário, antes do início do treino do dia. No mesmo momento, cinco torcedores do Corinthians protestavam do lado de fora do Centro de Treinamento do clube, revoltados com o ocorrido. Eles exibiam faixas com dizeres homofóbicos como “Vai beijar a p.q.p. Aqui é lugar de homem” e “Viado não”. O diretor da torcida organizada da qual faziam parte os torcedores ainda afirmou: “A gente não quer ser homofóbico, mas tem de ter respeito com a camisa do Corinthians. Aqui não vai ficar beijando homem. Hoje são 5, amanhã são 50 e depois 500. Vamos fazer a vida dele um inferno”. Além disso, em vários portais na internet nos quais foram publicadas notícias relacionadas à polêmica, torcedores reclamaram que a atitude do jogador foi desrespeitosa para com a torcida, principalmente porque eles agora eram alvo de piadas por parte de torcidas rivais.

Foto públicada pelo jogador Sheik (Foto: Reprodução/Instagram/@10emerson10)

A atitude da torcida do Corinthians representa a hipocrisia geral da sociedade brasileira quando se trata de homofobia. Muitas pessoas, quando perguntadas, respondem não serem homofóbicas, entretanto, não hesitam em chamar homossexuais de “viados”, por exemplo. É aquela velha história, “respeito muito, contanto que eles não sejam gays perto de mim”. Além disso, tal reação à polêmica foto demonstra o quanto o futebol é um esporte machista, no qual se acredita que um homem, apenas por ser homossexual, não pode ter a mesma habilidade de um homem heterossexual de correr atrás de uma bola e direcioná-la ao gol.

Os torcedores corintianos se decepcionaram. Eles perderam sua referência, pois o modelo de macho-alfa que era enxergado no jogador Sheik foi desfeito. Era inaceitável que ele tenha demonstrado seus sentimentos por um amigo do mesmo sexo em público, muito menos que tenha se mostrado um homem sem preconceitos por fazê-lo. Afinal, macho que é macho é agressivo, sem sensibilidade e sem direito ao afeto, às emoções, a sentir.

Agora eu imagino como a pessoa Sheik deve estar decepcionada. Afinal, de acordo com o próprio, todo o processo de tirar e postar a foto foi feito com o objetivo de conferir o volume de preconceito que tal fato geraria. Ele provavelmente esperava certa reação negativa, mas no fundo queria provar para si mesmo e para seu amigo Isaac que em pleno ano de 2013, a homofobia no Brasil talvez não fosse tão expressiva. É um pena que se tenha provado o contrário. É uma pena que, em pleno ano de 2013, ainda existam pessoas que acreditam piamente no modelo estereotipado do macho-alfa. Pelo menos agora se sabe que, felizmente, há menos um jogador no mundo machista do futebol que se enquadra em tal perfil.

_____________________________________________________________________________

Texto originalmente escrito para trabalho da disciplina “Oficina de Leitura e Escrita”, do terceiro período de Jornalismo da PUC Minas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s